terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Limites?

A semana de alta costura acabou aqui em Paris, mas nem por isso vou deixar de comentar um episodio que deu o que falar e acrescentar minha opinião. Tavi tem 13 anos, um blog mega acessado e convites na primeira fila para maioria dos desfiles mais concorridos, bacana não? Sempre achei legal como aqui fora as marcas dão valor às blogueiras, mas desculpem colegas blogueiras do meu Brasil, mas estas meninas fazem sim a diferença, seja com um estilo unico, ou com opiniões, não copiam nada e nem ninguem, são apenas elas e sua paixão enorme por moda. Enfim, Tavi foi ao desfile da Dior e com seu laço enorme na cabeça não deixou ninguem que estava atràs da primeira fila assistir o desfile, foi muito criticada e jà se desculpou publicamente. Ok sobre isso, mas vem cà, ninguém vai perguntar como é que uma menina de 13 esta parecendo uma senhora de 70? Não hà limites? Com certeza ela deve ter tido em off a noticia que teriam algumas modelos grizalhas na passarela da Chanel e pra se incluir na tendência jà se jogou na coisa, mas dai ela exagerou demais e deixou de ser a menina novinha cheia de estilo e apaixonada por moda.
Vocês devem estar se perguntando, tà e dai? E dai meninas, que não adianta ter convites para os desfiles mais bacanas, ir nas semanas de moda, se você não tiver seu proprio estilo e nele se apoiar, não é copiando piamente uma tendência que você ficarà bem vestida, mas é incorporando uma tendência ao seu estilo jà formado, ai sim, você vai estar linda e pronta para qualquer tipo evento, seja semana de moda, bar com amigos ou casamento.
Não quero causar com este post, muito menos criticar ninguém, mas não acho correto blogueiras que incentivam as leitoras à comprarem peças que segundo elas são "inspired" em marcas famosas, pera ai "inspired"??? Nada disso! São copias mesmo! Não é porque não tem o logo que deixa de ser algo pirateado hein meninas, afinal a copia é da criação e não do logo... Então se puderem fujam dessas idéias doidas de sapatilha "tipo Chanel", bolsa "tipo Birkin", etc...
Se alguma loja/ marca lança uma linha dessas "inspired" aqui fora, isto dà um processo absurdo de direitos autorais.
Outra coisa, se vocês compram uma dessas peças e vem passear pela Europa por exemplo, podem ter certeza que serão paradas pela policia ( Não, eu não estou exagerando!), perderam suas peças, e ainda terão que pagar uma multa à partir de 3.000 euros, isso se não dormirem no xadrez.
Desculpem o texto grande, mas não suporto ver isso, e ver que ao invés de informar e entreter vocês, mais e mais as blogueiras andam indicando coisas que não são legais.
Afinal meninas, ter estilo é usar peça clonada? Acho que não!
Quero ouvir a opinião de vocês!! Beijos Val

17 comentários:

Viviane Martins disse...

Concordo plenamente!
acho ridiculo usar copias, nunca compraria uma copia, por que como designer eu sei o trabalho que dah para criar uma colecao. Aih vem um preguicoso pega o trabalho pronto e resolve fabricar e voce que teve a ideia original fica no prejuizo sem contar que acaba prejudicando a marca que voce tanto ama. Alias voce viu que ridiculo aquela copia da Birkin daquela loja em Sao Paulo... Quem comprar vai virar alvo de piada, alias ateh o meu marido viu e ficou chocado nao acreditei quando recebi o e-mail. Pronto inimizei!!!
bj

Me disse...

Jà botando a boca no trombone a aproveitando da deixa da Vivi, a marca em questão é a 284 da Daslu, que lançou a linha " im not the original" com copias rasgadas demarcas famosas!! que horror!!

Christina disse...

Val,

Me desculpe não entendi, teu post, a Tavi estava com alguma peça inspired?

Thais disse...

Vcs q falam essa coisas provavelmente tem mt dinheiro ou ñ tem noção alguma da realidade. As pessoas usam copias pq é o q cabe em seu bolso. Será q qm ñ tem dinheiro ñ tem o direito de usar peças bonitas? Pensem bem! Até pq existem várias cópias perfeitas e s duvidar até vcs mesmas tem uma cópia sem nem sbr. Se vcs ñ compram, otimo! Mas deixem quem qr comprar e indicar o fazer. Afinal, a vida é d cada um. E detalhe, qm ñ pd comprar um original ñ tem dinheiro p ir a europa... fica a dica!

Ana Paula disse...

Falou e disse!
A menina está parecendo uma senhora de 70 anos com certeza, até que ponto isso é legal? Tbém não concordo.

Com relação a cópias..sinceramente eu teria vergonha em usá-las. Não uso de jeito nenhum.

bj e parabéns pelo post.

anne fernandes disse...

Eu iria falar da marca da Daslu também, o que não concordo além de preços exageradíssimos aqui no Brasil, quase mais caro que a original lá fora, as peças não são verdadeiras. E acredito também em seguir seu próprio estilo. Muitos blogs fazem enorme sucesso pelas fotos dos looks do dia dia das blogueiras. Algumas conseguem mostrar a moda de diversas maneiras, outras na minha opinião, são um tipo de "fashion slave" pois tudo o que sai de tendência já correm comprar para fazer parte do guarda-roupa. e não sabemos se gostam ou não da peça.

Gostei da crítica.

Beijos!

Me disse...

Christina,

Ela pintou o cabelo grisalho por conta do desfile da Chanel, onde as modelos estavam com cabelos grisalhos...

beijos!

Me disse...

Thais,

Pelo contrario, tenho sim algumas peças de marcas famosas, mas a questão é não existem apenas peças bonitas em marcas famosas! hà uma infinidade de marcas com peças lindas e design original, peças que cabem no bolso da maioria dos brasileiros.
A questão é que ao invés de apreciar o que tem de lindo e original na moda brasileira, é pregado que é mais cool usarem peças clonadas "inspired" ou piratas mesmo!
Não uso peças falsificadas pois sempre que comprei alguma peça de marca famosa paquerei muitooo e poupei pra isso, então fui na loja da marca e comprei. Não vejo graça em desfilar peças fakes.
Sem contar que custam um absurdo também ai no Brasil, enfim, dà pra se vestir linda e maravilhosa sem ter que se render a pirataria...

super beijos e obrigada pela critica!!

Val

Me disse...

Anne,

Estes dias estava vendo varias ftos de blogueiras em encontros, no spfw, e cm excessão minima de algumas, quase todas estavam vestidas da mesma maneira!!
Fiquei chocada com a falta de personalidade nos looks e mesmo assim continuam na tentativa de serem fashion icons da moda brasileira...
Fazer o que?

beijos!!!

val

Viviane Martins disse...

Eu tenho dinheiro sim, para comprar objetos de designers famosos e nao tenho vergonha disso, se tenho eh por que trabalhei e mereco.

Tenho mais senso de realidade do que a maioria, por que eu nao nasci em berco de ouro e quando nao podia comprar coisas caras simplesmente nao comprava, comprar coisas falsificadas alem de feio eh enganar a si mesmo, por mais que seja uma falsificacao perfeita.. voce sabe que nao eh!
mais aih vai depender da coinsciencia da pessoa neh!?

Eu nao tenho nada falsificado, e nao eh por que posso comprar o original eh por que eu prefiro prestigiar a marca da qual gosto, senao eh melhor nao comprar.

Raquel disse...

É muito complicado entrar em detalhes sobre esse assunto. Isso é tudo um ciclo que resulta apenas em uma coisa: sentimento e respeito aos que vivem e respiram a moda. Sou designer em bolsas, brasileira, já desenvolvi para pessoas grandes, pra minha coleção, enfim, do Brasil ao Japão. É notavelmente irritante o reconhecimento ao nosso talento vindo do mercado internacional, os que são “realmente entendedores” de moda, admiram, se doam para a aquisição de qualquer peça ou até mesmo um cartãozinho de visita seu. Eles sim, deixam de expor o glamour de muitas marcas fenômenos (já que não é necessária a exposição) e te expõe no mercado como uma conquista maravilhosa, nem que seja simplesmente escanear um cartão de visita seu e dizer: ISSO É MODA!
Fico triste, desolada em saber como há pessoas que simplesmente digerem e assimilam vários blogs como se fossem regras ou leis. Compram peças parecidas, as tais “inspired” porque fulana de tal falou que pra ser “ in” no mundo da moda, precisa ter uma, andar de tal jeito ou até mesmo ter um “it” vocabulário, caso contrário, esta fora. Definitivamente, isso não é moda, isso nada mais nada menos é puramente MERCADO, ou melhor, mercado popular, já que a fabricação saiu da mesma máquina de costura de um produto da 25 de março. Que por sinal, o que há de “it” que não sai da ladeira para não ficar de fora nas “novidades”.
É nessas horas que eu entendo quem diz: TENHO VERGONHA DE SER BRASILEIRO!

Ana - thecatwears disse...

ain sinceramente, raramente vi essa Tavi vestindo alguma coisa bonita... ahahahaha Acho ela mto conceitual, e claro, é isso q fez ela se destacar.
Qto as cópias braseileiras, não se pode esperar nada melhor de um país de terceiro mundo né ahahahaha Mas mesmo assim, super apoio as blogueiras que mostram seu estilo diante as câmeras e .com. Aliás, acho que é incentivo q acaba faltando por aki

;*

Ariella disse...

Eu achava que usar cópia não tinha problema (ainda bem que ainda era adolescente) até me deparar com a realidade. Depois, você se sente envergonhada e acha ridículo pagar de "rica" quando na verdade você deveria juntar ou ter realmente dinheiro para comprar uma coisa de marca famosa, como para comprar qualquer outra coisa na vida. Afinal, pirataria é crime né! Nós não somos melhores se usamos coisa de marca, o que define nosso estilo é usarmos aquilo que achamos bonito e que podemos pagar. Nossa personalidade que nos faz pessoas mais legais ou mais bacanas, não o que vestimos. Se a gente acha que quem usa LV é em quem nos devemos nos inspirar unica e puramente por a pessoa representar status, devemos rever nossos conceitos e achar a personalidade em nós que foi perdida. Se você tem dinheiro, e acha bonito algo de uma marca cara, então compre. Cada um usa o que pode pagar e a gente deveria estar ciente da própria realidade. Não conformado, pq todo mundo deve buscar o melhor, mas ciente.

Gabi disse...

Eu compro!

coquetteblog disse...

Concordo com tudo e conheço casos de gente que passou vexame aqui por causa dessas peças inspired. Tem uma certa marca de sapato no BR que todo mundo adora que se "inspira" na cara-de-pau, fico com vergonha. Agora me pergunto por que nunca fizeram nada contra a Zara, que adora se inspirar nas grandes labels.
Lia

Larissa Araújo disse...

Não era pra focar o tópico na menina? Já estão indo pro lado pessoal...

Andreia Prado disse...

Infelizmente tudo se copia nada se cria de verdade, muitas marcas se inspiram em uma década e "copiam" estilos fazendo com cores atuais e tecidos modernos, mas a essencia , a primeira criação já estava marcada, não é porque uma marca começou agora ou uma loja de departamento vendem peças 'inpired' que vou criticar e não comprar, mesmo pq se me agradar compro, não gosto de ser cabide de marcas, sei que marcas investem em tempo, tecido, tecnologia, colaboradores, mas ele cobram absurdamente tudo isso, quase como se a peça fosse artesanal, pelamor neh, ter personalidade é vetir o que voce gosta como gosta sem ficar escravizada por meia duzia de opiniões!!
Qto a garota em vez de usar uma melancia no pescoço, usou o laço, se quer sair assim continue firme e mostre realmente sua personalidade, mas sair vestida desse jeito e depois pedir desculpas pq foi criticada, ficou pior do que se ela fosse uniformizada com tudo que está em evidencia no momento!!

Related Posts with Thumbnails